Apesar de Vladimir Putin ser muitas vezes retratado como o mau da fita, há ainda quem o veja como um herói. É o caso de Mikhail Antonov, um estudante russo e criador da página de fãs de Putin no Facebook, que conta já com mais de 270 mil “gostos”.

Em honra do 62º aniversário do presidente russo, Mikhail organizou uma exposição de pintura numa pequena galeria em Moscovo, refere o jornal The Guardian. Durante apenas um dia, foi possível visitar a exposição e ver doze retratos de Putin – ou melhor, de Hércules. Os quadros, pintados por um “grupo de artistas” que segue o grupo no Facebook, retratam Putin como o herói clássico Hércules, realizando as doze tarefas conhecidas como os “doze trabalhos”. Nos “doze trabalhos de Putin”, é possível ver o presidente a capturar o seu próprio cão de três cabeças — os Estados Unidos da América, e a derrotar o Leão de Nemeia — ou, neste caso, a estrangular a barba de um bombista suicida que representa o terrorismo.

Mas, segundo o Guardian, o conjunto de quadros mais impressionante sãos aqueles pintados à semelhança de antigos vasos gregos. Num deles, é possível ver Putin a levantar o seu escudo contra a Hidra, o monstro mítico de três cabeças, que representa as sanções ocidentais contra a Rússia. Uma das cabeças, a dos Estados Unidos, está cortada, refletindo a proibição de importações vindas desse país, uma medida que foi adotada em agosto.

Ao Guardian, Mikhail disse que o intuito da exposição é mostrar “uma imagem diferente de Putin porque os meios de comunicação ocidentais estão constantemente a criticá-lo”. “Mas aqui vemo-lo a completar estes atos heroicos. Vemos que a interpretação destes acontecimentos não é assim tão categórica”, acrescentou.