A seleção portuguesa de futebol subiu dois lugares no “ranking” da FIFA, publicado esta quinta-feira, partilhando agora com a França o sétimo posto da lista, que continua a ser liderada pela Alemanha, campeã mundial.

Um mês depois de ter reentrado no “top-10”, o que não acontecia desde julho, Portugal, agora orientado por Fernando Santos, reforçou a presença entre a “elite”, depois das vitórias sobre a Arménia, no apuramento para o Euro2016, e Argentina, num particular, ambas por 1-0.

Entre o grupo das dez melhores seleções do mundo, a Espanha foi a outra equipa a “valorizar a cotação”, subindo para nono.

A Alemanha continua a liderar a hierarquia, seguida da Argentina, vice-campeã mundial, e da Colômbia, enquanto o Brasil permanece no sexto posto.

Para a lista do mês de novembro foi contabilizado um total de 150 jogos, 61 oficiais e 89 particulares. O “ranking” da FIFA 2014 está ordenado, até ao momento, com um total de 817 jogos.

Entre os Países de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), Angola subiu seis lugares, apesar de ter falhado o apuramento para a Taça das Nações Africanas de 2015. Cabo Verde apurou-se para a CAN2015 mas desceu seis posições neste “ranking”, aparecendo hoje no 39.º lugar.

O Irão, orientado por Carlos Queiroz, perdeu o estatuto de melhor seleção asiática para o Japão. Os iranianos caíram cinco “degraus” e estão agora posicionados no lugar 56, a três dos nipónicos (53).

O Gabão, que o treinador português Jorge Costa ajudou a qualificar-se para a CAN2015, escalou três lugares e surge este mês na 64.ª posição, enquanto a Etiópia, treinada por Mariano Barreto, subiu um lugar e segue agora na 110.ª posição.