Já é possível voltar a usar cartão, para pagamentos inferiores a 20 euros no Pingo Doce. A Jerónimo Martins, grupo que detém a cadeia de supermercados, levantou a proibição imposta há dois anos, avança a SIC.

Em 2012 as taxas de operações com cartões de débito ou crédito, em Portugal, eram duas vezes superiores à média europeia. Foi nesse ano que o Pingo Doce limitou as transações multibanco, dizendo que assim conseguia poupar 5 milhões de euros por ano em pagamentos aos bancos e, por conseguinte, diminuir os preços.

O levantamento da proibição – em vigor desde 1 de janeiro – surge na altura em que a União Europeia baixou as taxas aplicadas aos pagamentos com multibanco, só estando agora os bancos autorizados a cobrar até 0,2% por movimento.