O consumo de combustível de aviação (Jet) aumentou quase 10% em janeiro em relação ao mesmo período do ano anterior, para 78.566 toneladas, confirmando a tendência de subida que se iniciou no último trimestre de 2014.

O consumo de combustível pela TAP e pela SATA atingiu as 78.566 toneladas no primeiro mês de 2015, que compara com 71.490 toneladas em janeiro de 2014, valor em linha com o dos anos anteriores, segundo os dados disponibilizados pela Entidade Nacional do Mercado dos Combustíveis (ENMC).

Em 2014, o consumo de combustíveis pela TAP aumentou 5,7% devido ao aumento da oferta de voos, informou na sexta-feira a companhia aérea liderada por Fernando Pinto no jornal da empresa, num artigo em que respondia à questão “Está a TAP a beneficiar da queda do preço do combustível?”.

A transportadora adiantou que em 2014 a fatura de combustível atingiu um valor da ordem dos 793 milhões de euros, mais 3,4% do que em 2013, resultado desse aumento do consumo.

A ENMC, sucessora da antiga EGREP – Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis, é responsável pela definição dos preços de referência dos combustíveis.