O valor das trocas comerciais entre Portugal e Angola caiu 46% em janeiro, não chegando a 220 milhões de euros, quando em janeiro de 2014 o volume dos negócios entre os dois países valia 413 milhões de euros.

De acordo com os cálculos da Lusa com base nos dados do Instituto Nacional de Estatística de Portugal (INE) relativos a janeiro, o volume de trocas comerciais entre os dois países passou de 413,1 milhões de euros, em janeiro do ano passado, para 219,9 milhões, em janeiro deste ano, o que implicou uma forte subida do saldo da balança comercial favorável a Portugal, de 67,9 milhões para 134,4 milhões de euros, ou seja, quase o dobro.

Apesar de haver uma descida significativa das exportações de produtos portugueses para Angola, foram as importações de produtos angolanos para Portugal que fizeram a diferença, com as exportações a caírem 26,4% e as importações a baixarem 75% face a janeiro do ano passado, segundo o INE.

O saldo da balança comercial foi favorável a Portugal em 134 milhões de euros, aumentando o saldo positivo registado em dezembro, na ordem dos 106 milhões de euros.

A forte melhoria do saldo comercial entre Portugal e Angola foi conseguido essencialmente à custa da redução das importações, que passaram de 157 milhões em dezembro do ano passado para apenas 42 milhões de euros em janeiro, o que representa uma queda de 72,9%. Comparando janeiro de 2014 com janeiro deste ano, a queda é ainda mais significativa: 172 milhões para 42 milhões, o que equivale a uma redução das compras de Portugal a Angola na ordem dos 75,3%.

As relações comerciais com Angola são a principal razão para o saldo das trocas comerciais entre Portugal e os países africanos de língua portuguesa, que registou um saldo positivo de 176,7 milhões de euros.

Em Moçambique, o principal destaque sobre os dados de janeiro vai para a queda das importações de janeiro de 2014 para janeiro deste ano, na ordem dos 30,9%, representando uma descida de 1,4 milhões para 979 mil euros, ao passo que as exportações de Portugal para Moçambique subiram de 17,6 para 20,3 milhões, isto é, 15,2%.

As exportações portuguesas para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) caíram 22,6% face a janeiro do ano passado, passando de 285 para 221 milhões de euros, ao passo que as importações caíram de 74,7% no mesmo período, descendo de 175 para 44 milhões de euros.

                      EXP     IMP     SALDO
PALOP               221,2     44,4    176,7
Angola              177,1     42,7    134,4
Cabo Verde           14,6      0,6     13,9
Guiné Equatorial      2,2      4,5     -2,3
Guiné-Bissau          4,9     0,8      4,9
Moçambique           20,3      0,9     19,3
São Tomé e Príncipe   4,0      ---     ----

Valores em milhões de euros em janeiro
FONTE: Instituto Nacional de Estatística