O prémio do sorteio número 19 deste ano oferecia 100 milhões de euros a quem acertasse nos cinco números e duas estrelas da chave do Euromilhões. E, segundo o Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia, o mais recente milionário europeu português, que registou a chave num café de Felgueiras, reclamou já o dinheiro.

O vencedor com um palpite certeiro já reclamou o prémio e “foram prosseguidas e concluídas todas as formalidades para o pagamento do referido prémio”, pode ler-se no comunicado da empresa.

Portugal habilita-se aos valores excêntricos dos prémios da Santa Casa da Misericórdia desde 2004. Desde essa data, já foram 55 os apostadores portugueses que arrecadaram o primeiro prémio do jogo.