A Amazon, empresa de vendas online, avançou com um processo na justiça contra quatro sites por alegadamente venderem críticas falsas de produtos. Quando os clientes escolhem produtos na Amazon tendem a consultar o espaço em baixo para conferir as críticas e apreciações feitas por outros consumidores. Mas para estas opiniões serem úteis aos compradores as críticas têm de ser reais.

A queixa da Amazon foi apresentada contra os sites buyamazonreviews.com, buyazonreviews.com, bayreviews.net and buyreviewsnow.com. A Amazom pede ao tribunal que proíba estes sites de utilizarem o nome da companhia americana e de venderem críticas favoráveis, de 4 e 5 estrelas, aos fabricantes que fornecem os produtos comercializados na plataforma da empresa. A Amazon assegura contudo que estas notas altas falsificadas não são uma situação generalizada.

Segundo o site GeekWireeste foi o primeiro processo do género movido pela empresa de Seattle. Na ação de que deu entrada no Tribunal Superior de King County, a Amazon acusa um operador de falsos sites na Califórnia de publicidade falsa, infração do regime proteção de marca e violações da legislação que protege os consumidores.