Quem já experimentou ir de carro ao Festival Internacional de Chocolate de Óbidos sabe que, tal como acontece na célebre Vila Natal da mesma localidade, o trânsito torna-se tão complicado que é muito fácil um (potencial) visitante dar por si a perguntar: mas será que vale a pena?

Não vai encontrar aqui a resposta. Até porque não cabe ao jornalista, por generoso e benevolente que possa ser no tratamento deste tipo de assuntos, dizer se vale ou não. O que este pode — e neste caso optou por — fazer é tentar perceber o que é que o dito festival tem de diferente de todos os outros que reúnem chocolates, chocolateiros, chocolatarias e chocólatras. E não faltam, até 3 de maio, o último dia do festival, acontecimentos mais ou menos inesperados que têm o chocolate como motivo, tema ou propósito. Eis cinco exemplos disso mesmo:

Esculturas em chocolate
A exposição de esculturas em chocolate é um clássico do festival e está acessível pelo preço do bilhete geral (5 a 8€). Se noutras edições o mote para as construções foram as Maravilhas do Mundo ou o universo da Disney, este ano o tema do festival é o Amor. Bonito, hein? Há uma dezena de esculturas a concurso (com votação a decorrer em simultâneo) inspiradas em, por exemplo, Pedro e Inês, Dama de Copas ou…Miss Alguidares de Baixo. Isso mesmo.

chocolate

Um exemplo das esculturas do ano passado.

Peça de teatro
A peça Inês de Portugal vai ser apresentada pelo grupo “Fatias de Cá” nos dias 23 e 30 de abril, a partir das 20h20, e desenrolar-se-á em diversos palcos instalados no Convento de São Miguel, enquanto é servido um jantar. É aqui que entra o chocolate, que, tal como o espectador, também fará parte da peça. Os bilhetes custam 33,33€ (a duração do espectáculo é, curiosamente, de três horas e 33 minutos), incluem a refeição e podem ser adquiridos online ou no Posto de Turismo de Óbidos.

Passagens de modelos
Perto do local onde se diz que Inês de Castro e D. Pedro namoraram, em tempos idos, às escondidas (Olhos de Água, no Olho Marinho), três estilistas da região vão apresentar criações também elas inspiradas na temática do festival, o Amor. São eles Nuno Vidigal, Kristine Kosta e Pedro Batim Moreira. E onde é que o chocolate entra aqui? Nos adereços, todos eles feitos do produto. É só esperar que não surja um desejo repentino de tomar algo, como dizia a senhora do anúncio, aos modelos que farão o desfile. Este acontece dia 2 de maio pelas 22h00.

Espectáculo Multimédia
Não há evento que se preze em 2015 que não tenha o espectáculo multimédia da praxe. Faz parte. O Festival Internacional de Chocolate não é exceção à regra. A incursão audiovisual do certame chama-se Pelos 5 Sentidos, promete “uma viagem sensorial pelo mundo do chocolate” e terá lugar no Auditório da Casa da Música. As sessões acontecem de 20 em 20 minutos e são acessíveis com o bilhete geral. Diz a organização que Pelos 5 Sentidos não é aconselhável a pessoas sensíveis à luz, som ou suscetíveis de ataques epiléticos. Fica o aviso.

Ementas achocolatadas
Para provar que o chocolate não serve só para sobremesa, vários restaurantes da zona prepararam pratos (e não só) em que a estrela do festival surge em contextos que se podem estranhar mas cuja intenção é que se entranhem rapidamente. Por exemplo, a Adega do Ramada preparou Queijo Fresco com Chocolate e Amêndoa como entrada e Escalopes de Porco com Morangos e Chocolate como prato de carne. Já o Alcaide terá, entre outros, Costeletas de Borrego com Molho de Chocolate Hortelã Pimenta enquanto que no Muralhas será servida uma Salada de Primavera com Maçã de Alcobaça e Raspas de Chocolate e um Rosbife com Molho de Chocolate, Batatinhas Gratinadas e Frutas. Não chega? Há mais: dos Filetes de Badejo com Molho de Chocolate Amargo da Taberna Vira Copos ao Lombo de Salmão ao Forno com Duo de Chocolate d’O Pretensioso. E isto é só a amostra. A lista completa — bem como o resto do programa — pode ser consultada aqui.

O Festival Internacional de Chocolate decorre em Óbidos de quinta-feira a domingo até 3 de maio, das 10h00 às 20h00 (às sextas e sábados até às 22h00). Os bilhetes de adulto variam entre os 5 e os 8€. Há descontos para grupos e crianças.