O romance duplo “Um homem: Klaus Klump/ A máquina de Joseph Walser”, de Gonçalo M. Tavares, está entre os finalistas do Prémio Jean-Monnet de Literatura Europeia, anuncioua sua editora.

O livro “Um homem Klaus Klump e A máquina de Joseph Walser” foi editado em França, no ano passado, pela Viviane Hamy, e em Portugal, em 2008, pela Caminho, e é um dos oito finalistas do Prémio Jean-Monnet de Literatura Europeia.

A obra, intitulada em francês “Un homme: Klaus Klump et la machine de Joseph Walser”, foi traduzida por Dominique Nédellec.

O vencedor é conhecido em finais de junho e o galardão entregue no dia 21 de novembro, no Centro de Congressos La Salamandre, em Cognac, no noroeste de França.