Do céu americano de Los Angeles, Vincent Laforet rumou para o outro lado do oceano. Desta vez, escolheu as luzes citadinas de Londres como cenário para mais um álbum de fotografias na sequela “Laforet Air”. Vista lá de cima, a capital britânica é diferente: uma cidade enorme parece ficar reduzida a ruas estreitas e a luzes que pincelam as cidades.

Lá de cima somos muito mais pequenos. Esta foi uma das conclusões que o fotógrafo americano retirou quando começou a trabalhar no projeto “Laforet Air”, aquele que o artista admite ser o que mais gosto lhe proporciona graças à reação do público.

Las Vegas foi um dos trabalhos de Vincent Laforet que maior sucesso teve: as luzes da capital do entretenimento, nos Estados Unidos da América, são capazes de espalhar a constante festividade da festa. Recorde as imagens.

9 fotos

A paixão pelas fotografias aéreas nasceu em Laforet quando ainda era pequeno. Hoje, confessa que é fantástico “ver coisas que só tinha sonhado em ver”. A promessa de expandir o projeto Air foi cumprida, mas não acaba por aqui: Vincent continua a convidar toda a gente a partilhar as histórias que se desenrolam naquelas ruas. Até lá espera “que estas imagens o façam sorrir ou pensar ou sentir por alguns momentos que está um pouco mais conectado”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

São Francisco também mereceu a atenção do artista americano, que insiste em mostrar ao mundo como estamos ligados por um ar partilhado.

6 fotos

A seguir, veio a movimentada cidade de Nova Iorque, com todas as luzes e arranha-céus que conhecemos.

10 fotos

Para conhecer o conjunto completo de fotografias londrinas clique aqui e vai poder visitar a Storehouse. Também pode encomendar o livro de Vincent Laforet aqui. Todas as fotografias captadas na Europa são patrocinadas pela G-Technology.

Na fotogaleria abaixo recorde as imagens do céu de Los Angeles.

6 fotos