Os veleiros da Volvo Ocean Race ainda podem ser vistos por Lisboa, mais concretamente à beira rio, na doca de Pedrouços, em Algés. A capital foi a meta da sétima etapa da regata, que teve início em Newport, nos Estados Unidos. A equipa da Brunel foi a primeira a chegar, cumprindo a distância de 2800 milhas náuticas em cerca de nove dias e onze horas.

Esta quarta-feira também se soube que o júri da Federação Internacional de Vela (ISAF) sancionou os veleiros Dongfeng, que era vice-líder da prova, e Mapfre com um ponto de penalização, e o SCA, feminino, com dois, por infracções na etapa.

Até 7 de junho, dia da partida para a próxima etapa, a oitava, entre Lisboa e Lorient, os veleiros vão velejar por Pedroços, mas somente para realizar breves reparações, e afinar tudo para as 647 milhas náuticas que vão percorrer até França.