O BCP realizou um aumento de capital de 404,01 milhões de euros no âmbito de uma operação de troca de dívida.

De acordo com os dados da operação apresentados esta tarde na Euronext Lisbon, e enviados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os investidores aceitaram trocar 75,71% dos títulos de dívida que detinham por novo capital do banco, num montante nominal de 481,2 milhões de euros.

Através desta operação, o banco liderado por Nuno Amado superou as estimativas iniciais no âmbito desta oferta pública de ações.

Inicialmente, o banco estimava um aumento de capital na ordem dos 350 milhões de euros, mas conseguiu um aumento de capital de 404,01 milhões de euros. O valor máximo da operação era de 428 milhões de euros.

A data para a liquidação da operação é na sexta-feira, 12 de junho, e as novas ações devem começar a transacionar na Bolsa de Lisboa a 16 de junho, de acordo com a informação hoje avançada.

Os novos títulos do BCP serão emitidas a um preço de emissão de 0,00834 euros por ação e com um valor de emissão de 0,08 euros.

Com a conclusão da oferta, “o BCP alcança um rácio de Common Equity Tier 1 em março de 2015, proforma, pós aumento de capital, de 12,7%, ou seja, mais 88 pontos base que o valor reportado em março de 2015”, segundo o vice-presidente e administrador financeiro (CFO) do BCP, Miguel Bragança.