As medalhas não param de aparecer e a última veio de judogi vestido. Depois de quase um mês parada, sem competir, por culpa de um braço que a obrigou a passar por uma cirurgia (em março, ao nervo cubital), Telma Monteiro conquistou a nona medalha para Portugal nos Jogos Europeus. A judoca foi a Baku, no Azerbaijão, e venceu o ouro na categoria de -57 quilos, ao bater na final a húngara Hedvig Karakas, a quem não deu nem uma ponta de hipótese (110-0). Não é a primeira vez que Telma Monteiro acaba a sorrir e a festejar na capital azeri — em 2011, a judoca já fora à cidade para vencer um Master.

Agora, a atleta lá voltou para dar a primeira medalha no judo a Portugal, cuja delegação levou 14 judoca aos Jogos Europeus, de acordo com a Federação Portuguesa de Judo. Telma Monteiro tem assim uma medalha para acrescentar às 10 que já conquistou em Campeonatos Europeus (quatro de ouro, uma de prata e outras quatro de bronze). Deste modo, à judoca de 29 anos só fica a faltar conquista uma medalha na competição cujo símbolo até tem tatuado num dos antebraços: nos Jogos Olímpicos.

BAKU, AZERBAIJAN - JUNE 25:  Gold medalist Telma Monteiro of Portugal poses on the medal podium following the Women's Judo -57kg Finals during day thirteen of the Baku 2015 European Games at the Heydar Aliyev Arena on June 25, 2015 in Baku, Azerbaijan.  (Photo by Richard Heathcote/Getty Images for BEGOC)

Além da dezena de medalhas que conquistou em Europeus, Telma Monteiro já conquistou cinco em Taças do Mundo (quatro de prata e uma de bronze).

Com esta vitória, Portugal passa a ter nove medalhas nos Jogos Europeus de Baku. Já tinha duas de ouro, conquistadas pela seleção de ténis de mesa (Marcos Freitas, Tiago Apolónia, João Geraldo e Francisco Dias) e por Rui Bragança, no taekwondo. As restantes vieram de Fernando Pimenta, na canoagem (prata), João Costa, no tiro (prata), Ana Rente e Beatriz Martins, no trampolim (bronze), João Silva, no triatlo (prata) e Júlio Ferreira, também no taekwondo (bronze).