Esta é a nova ilusão de ótica que está a agitar as redes sociais. É uma fotografia em negativo de uma mulher com um ponto no centro do nariz. Durante quinze segundos, olhe fixamente para esse ponto. A seguir, pisque os olhos enquanto mira o quadrado branco no lado direito da mulher.

ilusao twitter

Viu? Garantem os internautas que quem segue estas instruções vai conseguir ver o rosto de uma mulher morena, com as cores originais.

O mistério inundou o Twitter com uma discussão entre quem vê e quem não vê a mulher morena.

Mas existe uma explicação científica para esta ilusão de ótica, avançada pelo Daily Mail. A fotografia em negativo, nos tons de azul e branco, é uma “imagem residual negativa”. Ao olhar para o ponto no centro do nariz, causamos uma fatiga visual que depois nos permite ver uma “imagem remanescente”. E essa imagem criada pelo cérebro é o resultado da transformação da imagem negativa nas cores inversas.

As células responsáveis por essa transformação chamam-se ganglionares. É através delas que o cérebro interpreta as cores à sua volta com base nas cores primárias – azul, verde e magenta -, porque a visão humana é tricromática.

Existem três canais atrás do olho que encaminham a informação da cor ao cérebro. Um deles é responsável pelo preto, branco e cinzento. O segundo canal responsabiliza-se pelo verde e pelo vermelho. E o terceiro encaminha a informação do amarelo e azul.

Acontece que, quando provocamos fatiga visual ao olhar para uma determinada cor – o azul, neste caso – os canais do olho responsáveis pelas outras cores ativam-se e vemo-las com maior intensidade.