Legislativas 2015

Desiludido com a campanha eleitoral? Faça o seu próprio cartaz

670

Os cartazes de campanha estão a aquecer o período pré-eleitoral e agora quem quiser já pode dar largas à imaginação e fazer o seu. Veja alguns exemplos.

Autor
  • Catarina Falcão

A polémica dos cartazes com histórias e caras à esquerda e à direita que não correspondiam à realidade, fez reacender o interesse pelos cartazes políticos. E assim, numa altura em que muitos portugueses expressam o seu descontentamento pela pré-campanha dos partidos políticos, um site está a permitir aos internautas dar largas à imaginação e permite que se construam cartazes com os rostos de Passos Coelho, António Costa ou Cristiano Ronaldo.

Vote à esquerda ou à direita, o Gerador de Cartazes tem opções para todos os gostos. Pode escolher entre dezenas de figuras e fundos e acrescentar as suas próprias imagens. Entre algumas das figuras mais populares estão as caras dos líderes partidários como António Costa, Pedro Passos Coelho ou Paulo Portas, mas dos novos partidos como Rui Tavares ou Joana Amaral Dias. Depois de gerados, os cartazes podem ser partilhados nas redes sociais. Alguns exemplos encontrados no Twitter:

Mas também é possível colocar figuras da história de Portugal como Afonso Henriques, Amália Rodrigues ou Fernando Pessoa. Às caras conhecidas acrescenta-se algum humor e um pouco de sarcasmo, dando uma nota menos formal aos cartazes que atualmente, em vez de figurarem apenas nas ruas, estão espalhados pelas redes sociais como Twitter e Facebook.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Pedro Passos Coelho

Quem tem medo de Passos Coelho?

Rui Ramos
1.960

Na história portuguesa, Passos Coelho foi o primeiro chefe de governo que, num ajustamento, não pôde dissimular os cortes com desvalorizações monetárias. Governou com a verdade. 

Rui Rio

PSD, a versão diesel do PS

João Cândido da Silva

Em política, a coerência tem um valor relativo, sujeito às mudanças de conjuntura. Se o PSD parece a versão diesel do PS, Pedro Passos Coelho e os seus apoiantes não podem sacudir a água do capote.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)