A italiana Flavia Pennetta assegurou a primeira presença numa final de singulares de um torneio do ‘Grand Slam’, ao derrotar na meia-final do US Open a romena Simona Halep, por 6-3 e 6-1.

Depois de em 2011 ter vencido na variante de pares o Open da Austrália, e de ter disputado na mesma variante duas finais do US Open, em 2005 e 2014, a italiana, 26.ª da hierarquia mundial, chega pela primeira vez a uma final de um dos quatro maiores torneios da modalidade na variante de singulares.

Para isso, Pennetta teve de superar o favoritismo atribuído à partida a Halep, segunda jogadora da WTA, que teve hoje um dia menos positivo do que o habitual. Com um ténis agressivo, a italiana terminou a partida com 23 ‘winners’, contra apenas 10 de Halep, que ainda assim cometeu 23 erros não forçados, mais sete do que Pennetta.

Assim, em apenas 59 minutos, a italiana confirmou a sua presença na final do ‘major’ norte-americano, esperando agora o desfecho do encontro entre a norte-americana Serena Williams e a compatriota Roberta Vinci para ficar a conhecer a adversária da final.