Os novos trunfos da Microsoft

Surface Pro 4, novos telemóveis Lumia e um inesperado computador portátil mais rápido que o MacBook Pro. Estes são os próximos trunfos da Microsoft a correr o Windows 10.

i

Terry Myerson, da Microsoft, avançou que existem já mais de 110 milhões de dispositivos a correr o Windows 10

Microsoft

Terry Myerson, da Microsoft, avançou que existem já mais de 110 milhões de dispositivos a correr o Windows 10

Microsoft

Se a Microsoft tinha trunfos na manga para a próxima temporada, esta terça-feira decidiu jogá-los todos. A marca apresentou, num evento em Nova Iorque, a nova gama de dispositivos com Windows 10 e uma série de outras novidades. Entre elas, destacam-se:

  • Surface Pro 4, a quarta geração do tablet da marca;
  • Surface Book, um novo e inesperado computador;
  • Telemóveis Lumia 950, 950XL e a versão low-cost Lumia 550;
  • Band 2, a segunda versão do wearable desportivo da Microsoft;
  • HoloLens: lançamento de uma edição exclusiva para programadores;
  • Novo comando para Xbox One, compatível com todos os dispositivos Windows 10;
  • Novos jogos para Xbox One.

Surface Pro 4

O computador híbrido da Microsoft foi alvo de vários melhoramentos. Além de ser mais fino (8,4 milímetros), uma das mudanças mais flagrantes é o aumento do tamanho do ecrã para 12,3 polegadas (a versão anterior tem 12). Tem 1 TB de armazenamento e 16 GB de memória RAM. A marca garante ainda que o novo tablet é 30% mais rápido que a versão anterior e 50% mais rápido que o MacBook Air.

Para complementar este dispositivo, a Microsoft apresentou ainda uma nova caneta eletrónica, mais precisa e com 1.024 níveis de pressão. O novo Surface é comercializado em conjunto com a caneta, mas o teclado — que também foi melhorado — é vendido em separado. As pré-vendas começam já esta quarta-feira e o Surface Pro 4 deverá chegar a Portugal a 26 de outubro, a partir de 1.029€.

Surface Book

O Surface Book é o novo e inesperado computador que a Microsoft conseguiu esconder até ao evento desta terça-feira. Trata-se de um híbrido de 13.5 polegadas (computador e tablet em simultâneo) e que, de acordo com a Microsoft, é duas vezes mais rápido que o MacBook Pro.

Vem equipado com um processador de sexta geração da Intel (i5 ou i7, da família Skylake), uma avançada unidade de processamento gráfico da NVidia e um touchpad com cinco pontos sensíveis ao toque. Quanto à autonomia, a marca garante até 12 horas de uso contínuo. No entanto, este aparelho não estará disponível em Portugal a curto prazo. Chegará ao mercado norte-americano a 26 de outubro, pelo preço de 1.499 dólares.

Lumia 950, 950XL, 550

A Microsoft apresentou ainda a nova família de telemóveis Lumia com Windows 10, da qual fazem parte três versões: a 950 (5.2 polegadas), a 950XL (5.7 polegadas) e uma versão mais económica, a 550 (4.7 polegadas).

As duas versões principais têm ecrãs com a tecnologia OLED, uma câmara de 20 mega-pixeis, com um flash de triplo LED e, segundo a Microsoft, consegue carregar metade da bateria em apenas 30 minutos. Tem um botão específico para tirar fotografias e captura vídeo em 4K.

Há também um novo acessório associado a este lançamento: o Microsoft Display Dock. É um pequeno aparelho que transforma os telemóveis Lumia em autênticos computadores. O Display Dock liga-se por microUSB ao smartphone e tem três portas USB, uma porta HDMI e uma display port. Assim, permite que o utilizador ligue ao telemóvel um ecrã, rato e teclado e execute tarefas como se estivesse num PC.

Os novos Lumia 950 e 950XL chegarão às lojas em novembro. Custarão 549 e 649 dólares, respetivamente.

lumia

Os novos telemóveis Lumia 950XL e Lumia 950

Band 2, HoloLens e novidades Xbox One

O evento desta terça-feira serviu também para apresentar a segunda versão da Microsoft Band, uma versão do HoloLens exclusiva para programadores e uma série de novidades para os jogadores de Xbox One.

No caso da Band, esta nova versão vem agora com um design mais sofisticado e um novo ecrã curvo protegido com a tecnologia Gorilla Glass. A Microsoft integrou ainda um barómetro (sensor de pressão) nesta segunda versão do dispositivo e estabeleceu várias parcerias com outras empresas — por exemplo, com a Lose It!, detentora de uma aplicação que ajuda a perder peso. A Band 2 é, por isso, um wearable muito voltado para o desporto e para a saúde.

Mas também há novidades em relação aos HoloLens. A marca está já a desenvolver jogos para os muito aguardados óculos holográficos e anunciou que os programadores poderão adquirir uma versão exclusiva do aparelho por 3.000 dólares, a partir do primeiro trimestre de 2016.

Quanto à Xbox One, os jogadores poderão contar com novos lançamentos na época natalícia, bem como um novo comando compatível com dispositivos com Windows 10. Esta novidade vai ao encontro das funcionalidades de cross-platforming integradas no Windows 10, que permitem que utilizadores de Xbox One joguem num mesmo servidor com utilizadores de PC.

Editado por Pedro Esteves.

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.