A seleção portuguesa de futebol, na máxima força, pode hoje festejar o apuramento direto para o Euro2016, caso não perca frente à Dinamarca, em jogo da penúltima jornada do grupo I.

No Estádio Municipal de Braga, um empate perante os nórdicos será suficiente para Portugal reservar já um lugar no Europeu do próximo ano, que vai decorrer em França. A vitória deixará definitivamente a equipa lusa no primeiro lugar do agrupamento. No Minho, Portugal pode alcançar a nona qualificação consecutiva para a fase final de uma grande competição e 13.ª presença da sua história.

Perante a Dinamarca, que está obrigada a vencer para ainda poder alcançar o apuramento direto, a seleção portuguesa tem todos os 24 jogadores convocados, o que permite a Fernando Santos apresentar o seu melhor ‘onze’, excluindo Vieirinha, que está lesionado e nem foi chamado.

A principal dúvida aparece no lado direito da defesa, com Cedric e Nélson Semedo a serem candidatos a assumir o lugar de Vieirinha, embora, à partida, o jogador do Southampton, bastante utilizado nesta campanha, parece ganhar a corrida ao lateral do Benfica, estreante.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A inclusão de Fábio Coentrão, na defesa ou a meio-campo, outro dos ‘mistérios’ para o duelo com a Dinamarca, num ‘onze’ em que é quase certo os regressos de Tiago e de João Moutinho.

Sendo assim, Portugal deverá apresentar-se com Rui Patrício na baliza, Cedric (ou Semedo), Bruno Alves, Ricardo Carvalho, Eliseu (ou Coentrão) na defesa, Tiago, João Moutinho e Miguel Veloso (ou Coentrão) no meio-campo e Danny, Nani e Cristiano Ronaldo na frente.

Três dias depois do duelo com a Dinamarca, Portugal desloca-se a Belgrado para defrontar a Sérvia, naquele que será o seu último jogo no grupo I.

Portugal lidera o agrupamento com 15 pontos, mais três do que a Dinamarca, segundo classificado, e mais quatro do que a Albânia, terceiro.

O Portugal-Dinamarca, que tem início marcado para as 19h45, vai ser arbitrado pelo inglês Mark Clattenburg.