Sara Carbonero teve de largar tudo para acompanhar o marido, Iker Casillas, na sua primeira experiência fora de Espanha. O casal mudou-se para o Porto. Não é muito longe de Madrid, mas era necessário escolher uma casa, ou como diz a jornalista, um “lar”.

Num texto quase poético no seu blog “Cuando nadie me ve” (quando ninguém me vê), Sara Carbonero, recorda a casa dos pais e a sua própria casa na capital espanhola, refletindo sobre aquilo que sente mais falta e sobre a necessidade de se construir, mais do que uma casa, um lar. O cheiro, a luz, a comida, as pessoas e outros pequenos detalhes são o que fazem de uma casa um verdadeiro lar. Pelo menos na opinião da mulher do guarda-redes do FC Porto.

E, no texto que publicou no seu blog, a espanhola refere que já está a criar esse lar no Porto. Ou seja, já se sente em casa. E aproveitou a oportunidade para publicar algumas fotografias do novo ninho do casal mais mediático do futebol.