No código genético do Google Street View estão todas as virtudes dos seus antecessores: herdou do Google Maps a capacidade de mostrar todas as ruas do planeta e do Google Earth a possibilidade de olhar cá para baixo com imagens reais. Em 2007, a ferramenta veio ao mundo e permitiu aos internautas viajar sentados na secretária (embora toda a gente decida procurar pela própria casa quando podia olhar para o Taj Mahal a milhares de quilómetros de distância).

Tudo isto é possível graças aos carros da Google, equipados com nove câmaras, um scanner e um sistema de GPS. Quando chegam aos computadores da Google, as imagens são alinhadas de forma panorâmica e aplicadas num modelo 3D. E faz-se magia.

Entretanto, os carros andam por esse mundo fora a tirar fotografias a tudo o que se atravessa no seu caminho. Literalmente tudo. Até mesmo aqueles momentos que era suposto acontecerem no recato de um beco escuro ou numa montanha isolada. Até aqueles momentos de aflição em que não há tempo de encontrar uma casa de banho. O Google Street View está lá e não deixa escapar nada. Para bem e para o mal. E depois faz rir quem está em casa à frente ao computador.

Encontre imagens hilariantes, curiosas ou simplesmente inesperadas na fotogaleria e publicadas pelo El Confidencial.