O título, na versão portuguesa, é simples e vai direto ao assunto: Receitas Saudáveis. (O da versão original, Everyday Super Food, é mais arrojado, se bem que difícil de traduzir corretamente.) Peca, no entanto, por ignorar parte importante do seu conteúdo: soa apenas a mais uma compilação de receitas (saudáveis) de Jamie Oliver, lançada na altura ideal — 5 de novembro — para fazer alguém feliz no Natal. Acontece que este é um livro bem mais interessante que o seu nome deixa adivinhar.

O chef britânico, que, na verdade, já tem tanto de estrela televisiva e ativista pela educação alimentar como de chef, garante que Receitas Saudáveis é a obra “mais pessoal” e “mais revolucionária” que já escreveu. Podem ser palavras bonitas, ideais para colorir a introdução e apimentar a nota de imprensa, mas basta folhear a dita para perceber que não são totalmente gratuitas.

capajamieoliver (1)

O livro é editado em Portugal pela Porto Editora e custa 24,50€.
(foto: DR / “Receitas Saudáveis” de Jamie Oliver)

É verdade que boa parte do livro (quase 250 das 312 páginas) está preenchida com receitas. E nisso, o título é como o algodão do anúncio: não engana. São todas elas saudáveis, com as calorias, tempo de confeção e respetiva composição, ao nível de gorduras, hidratos de carbono, proteínas, açúcar e fibra, totalmente discriminada. Mais: o livro tem-nas para todos os gostos e ocasiões, do pequeno-almoço ao jantar, com um capítulo extra dedicado a snacks e alguns tipos de bebida, como águas aromatizadas ou chás caseiros.

RECSAUD_20151955_P014_083.indd

Ovos escalfados com feijões a estalar, uma das mais de 100 receitas do livro.
(foto: DR / “Receitas Saudáveis”, de Jamie Oliver)

O que o livro tem de mais inovador, contudo, é a sua vertente educativa. Que Jamie Oliver tem dedicado boa parte da sua carreira a promover uma relação saudável com a comida não é novidade para ninguém. Mas aqui ela materializa-se de forma praticamente inédita no que à obra literária do chef diz respeito.

Author_Photo_2_Everyday_Super_Food

O autor, que fez recentemente 40 anos, diz que a aproximação dessa idade o fez “parar e olhar a vida de um modo ligeiramente diferente”. Profundo. (foto: DR)

Antes de editar o livro, Oliver visitou os locais do mundo onde se vive mais e melhor. Ou seja, onde há maior esperança média (e qualidade) de vida. Em Okinawa, no Japão, encontrou grupos que se reúnem todos os dias às 6h30 da manhã para alongar, dançar e socializar ao som da rádio. Em Ikaria, na Grécia, percebeu que os cereais, os alimentos integrais e as ervas aromáticas cultivadas localmente contribuem para uma enorme concentração de pessoas com mais de 90 anos. E na Costa Rica, conheceu Jose Guevara, um homem de 106 anos que todos os dias, desde criança, come um gallo pinto ao pequeno-almoço: trata-se de uma refeição à base de ervas aromáticas, legumes, feijão, arroz e ovos.

https://youtu.be/5S4WbjYWfqE

A longevidade de José Guevara também já foi notícia na Costa Rica.

As lições que retirou dessas experiências estão no final do livro, depois das tais receitas saudáveis, sob a forma de explicações sucintas mas eficazes, que qualquer leigo consegue compreender facilmente.

Questões como “o que é um prato equilibrado?”, “que quantidade de legumes e fruta devemos comer?”, “porque têm os hidratos de carbono má reputação?” ou até “como evitar uma ressaca?”, entre muitas outras, têm aqui resposta. E têm resposta simples, credível e devidamente sustentada, que é tão ou mais importante. O livro explica ainda porque é que se deve privilegiar os alimentos biológicos, fazer compras de forma mais saudável ou ter cuidado com o sono. E termina com uma pergunta: quer viver até aos 100 anos? Não garante a façanha, mas torna-a ligeiramente mais provável.

Título: Receitas Saudáveis
Autor: Jamie Oliver
Editora: Porto Editora
Preço: 24,50€