Vegetariano com Peixe

Jo Pratt, Bertrand, 16,92 euros

Não é preciso ser tão definitivo ao ponto de dizer sim ou sopas. Ou, neste caso, se o prato se resume exclusivamente aos verdes, deixando tudo o resto à sua margem. Para Jo Pratt a flexibilidade na escolha é não só possível como recomendada. Surge assim, sem espinhas, este “Vegetariano com Peixe”, que explica desde logo ao que vem, e se baseia numa tendência dos nossos dias: “há cada vez mais pessoas a reduzir o consumo de carne e a fazer refeições vegetarianas, mas que mantêm o consumo esporádico de peixe e marisco”. É a pensar nestes estômagos, e outros mais que virão, que a chef, food stylist, apresentadora e autora de vários livros de cozinha premiados escreveu este livro com 75 receitas para vegetarianos em part time que não dizem não a um bom peixe fresco (ou piscitarianos que não dispensam uma boa dose de vegetais).

©DR

© DR

Home Style Cookery: A Home Cookbook

Matty Matheson, Harry N. Abrams, 22 euros

Quantos chefs se podem gabar de ter uma peculiar linha de merchandising? Pois bem, Matty Matheson é um dos poucos eleitos, com os seus códigos de extravagância que dificilmente escapam ao radar dos foodies mais atentos. O ensaio mais recente deste campeão de vendas do The New York Times, Home Style Cookery: A Home Cookbook, é mais uma fornada de receitas, 135 no total, perfeitas para replicar em casa e servir a familiares e amigos, da confeção de pickles a estrelas imbatíveis em qualquer rendez vous doméstico — dos acepipes às carnes grelhadas para um dia festivo aos serões semanais que pedem soluções práticas sem esquecer os assados e sobremesas.

Tudo o que comemos conta

Geninha Horta Varatojo, Lua de Papel, 19,80 euros

Algures entre o sul e o norte, os alimentos que escolhemos são decisivos no equilíbrio entre polos. Os nossos lados mais yin (gentil, refletido e estético) e yang (ativo, dinâmico e extrovertido) estão em evidência também à mesa, já que afinal não falamos apenas de cozinha mas de uma forma de vida de cada vez que nos atrevemos entre tachos. Por outras palavras, “Tudo o que comemos conta”: é esta a convicção de Geninha Horta Varatojo, diretora do Instituto Macrobiótico de Portugal, que ensina a confecionar mais de cem receitas com base em cereais integrais, vegetais, leguminosas, algas, sementes, oleaginosas e fruta da época.

© DR

© DR

Coconut & Sambal: Recipes from my Indonesian Kitchen

Lara Lee, Bloomsbury, 27,04 euros

É talvez um dos livros mais coloridos deste outono, com as origens e sabores indonésios de Lara Lee ocuparem o prato (sem deixar de fora as referências australianas que também corre no sangue e estilo de vida). Esta combinação para provar os antípodas sem sair do lugar (pode encomendar na Fnac) dá pelo nome de “Coconut & Sambal” e promete muito mais que oferecer um generoso toque de cor à sua cozinha e satisfazer o ímpeto de todos os fãs da comida do mundo.

Baunilha – Bolos ao Sabor das Estações

Patrícia Nascimento, Casa das Letras, 14,3190 euros

Se os olhos são sempre os primeiros a lambuzar-se, fica a promessa de satisfação absoluta ao primeiro contacto com “Baunilha”. Folheando, é natural que a água inunde a boca e a que a dificuldade de escolha se adense: afinal, por onde começar? Organizados pelas quatro estações, a série de receitas doces adoçará qualquer feed de Instagram, e quanto ao sabor dificilmente ficará aquém das imagens pensadas ao detalhe. Patrícia Nascimento é a chef e food stylist de serviço, nesta edição. Natural de Paris, de onde vem a paixão pela pastelaria, e fixada no Algarve, é a autora do blogue Coco e Baunilha, mais uma bela montra açucarada.

© DR

© DR

Soupology: The Art of Soup From Six Simple Broths

Drew Smith, Rizzoli, 30 dólares

Do mais prosaico ao mais sofisticado, ninguém vai querer entornar este caldo, pura comida de conforto. O universo das sopas é bem mais variado e complexo do que à partida se poderia conceber, das raizes mais humildes às criações  perfeitas para impressionar amigos nas redes sociais — há mesmo quem lhe chame uma arte, palavra de Drew Smith, anteriormente ao leme da edição do  The Good Food Guide, um balanço anual dos melhores restaurantes britânicos. E quem diz arte, diz “sopalogia” (ou “Soupology”), toda uma ciência explorada por Smith, que habitualmente colabora com o The Guardian.

A Vida Secreta da Cozinha Portuguesa

Guida Cândido, Dom Quixote, 17, 91 euros

São infalíveis, como qualquer clássico que se preze se apresenta quando é trazido ao assunto. Receitas de sempre e sem prazo de validade à vista, cujos preceitos vão sendo passados de geração e geração, para entusiasmo de novas bocas e mãos cozinheiras. A Vida Secreta da Cozinha Portuguesa, de Guida Cândido, autora de Panela sem Pressão, recupera 50 receitas de pratos bem típicos e respetivas origens, como o acarinhado Bacalhau à Gomes de Sá, apenas um dos ilustres desta galeria.

© DR

© Instagram

Ottolenghi Flavor: A Cookbook

Yotam Ottolenghi, Penguin Random House, 30 euros

É mais um volume de um campeão de vendas e nome incontornável no campeonato dos vegetais, agora com Yotam Ottolengui a unir forças com Ixta Belfrage para mais uma investida saborosa. A dupla mostra como o recurso a algumas técnicas simples pode transfigurar por completo a visão que temos de muitos dos alimentos e sua confeção. “Ottolenghi Flavor: A Cookbook” propõe-se a elevar padrões para que nada pareça como dantes.

O da Joana

Joana Barrios, Zero a Oito, 17,09 euros

Se cozinhar é um superpoder do quotidiano, por aqui há uma nota de guerrilha em cada página, mal se troca a capa pelo avental. A parte boa desta metamorfose é que não é preciso chamar nenhum quarteto fantástico para dar vida a este conjunto de receitas simples e fáceis de confecionar. Basta uma pessoa para retirar o melhor dos ingredientes convocados, sempre à mão de semear para que sobre mais tempo a cada pequeno herói da cozinha. “O da Joana” é o regresso aos livros de receitas de Joana Barrios presença regular em O Programa da Cristina, na TVI.

© DR

© DR

Big Macs & Burgundy: Wine Pairings for the Real World

Vanessa Price, Paperback, 17 euros

Um casamento feliz entre uma taça de Cheetos e um vinho? Vanessa Price deixa em picadinho todos os preconceitos para acabar com a ideia de que um néctar de primeira linha não pode combinar com o mais modesto dos repastos. Daí o mais que providencial título: “Big Macs & Burgundy”. Para a autora, uma miúda do Kentucky em Nova Iorque que sabe como o humor é um ingrediente chave em qualquer dieta, a lista que se segue são pairings reais para o mundo real, no qual um descomprometido hambúrguer se encontra sem quaisquer complexos com um copo requintado. Price parte da popular coluna Grub Street, da NY Mag, para uma edição digna de colecionador.

A Sair do Forno

Rosa Cardoso, Arena, 14,94 euros

Relaxe e vá aquecendo o forno (vai ver que a gentileza compensa, garante o blogue Be Nice Make a Cake), criado em 2013. Rosa Cardoso estudou e trabalhou em Arquitetura e Design de Decoração até descobrir o gosto pela cozinha — foi aí que a partilha de receitas online começou a levedar — seguindo-se o curso de Gestão e Produção de Pastelaria, e o trabalho em pastelaria de hotel e pastelaria de rua. Atualmente, como Chef de Pastelaria, desenvolve receitas para os cursos que dá no norte e centro do país, e não falham as atualizações constantes com imagens do que vai testando. Chegando o Outono, é hora de “A Sair do Forno”, 50 receitas para bolos, sobremesas e pão para fazer em casa.

©DR

© DR