A família de animação mais conhecida do planeta já nos habituou às suas críticas humorísticas da atualidade política e social. Mas, desta vez, não houve piadas. O episódio dos Simpsons “Lisa with an ‘S” já estava produzido e pronto para ser exibido, no passado domingo, nos EUA quando os criadores da série decidiram prestar a sua homenagem às pessoas que morreram nos ataques em Paris, no passado dia 13.

Neste episódio, Lisa, a filha mais velha, fica amiga de uma estrela da Broadway. Esta nova personagem quer ajudar Lisa a ter sucesso no mundo do teatro. E é neste seguimento que é introduzida uma cena onde nos é revelada a frente de um teatro de Nova Iorque com o título “Lafayete: the musical” acompanhado do símbolo da paz com a Torre Eiffel, desenhado pelo ilustrador francês Jean Julien.

[Veja nesta fotogaleria as imagens do episódio e a relativa ao ataque ao Charlie Hebdo.]

5 fotos

Como explica o The Independent, este desenho corre o mundo nas redes sociais e meios de comunicação social. Tornou-se um símbolo de todos aqueles que pedem paz pelo povo francês. Pelo menos 130 pessoas morreram nos ataques reivindicados pelo Estado Islâmico, em Paris.

Os criadores dos Simpsons já tinham mostrado a sua solidariedade para com o povo francês, aquando dos ataques ao jornal satírico Charlie Hebdo, a 7 de janeiro deste ano. Nesse episódio, ao estilo de Les Misérables, Maggie segura uma bandeira com a frase: Je suis Charlie.

Veja aqui um excerto do episódio dos Simpsons “Lisa with an S”: