Escândalo da Fifa

TAS rejeita recurso. Platini continua suspenso

Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) rejeitou o recurso de Michel Platini, atual presidente da UEFA e candidato à presidência da FIFA. Platini está suspenso desde outubro por suspeitas de corrupção.

FABRICE COFFRINI/AFP/Getty Images

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) rejeitou o recurso de Michel Platini que previa a anulação da suspensão provisória de 90 dias decretada pela UEFA, conta a BBC. O presidente da UEFA está suspenso desde 8 de outubro e apresentou o recurso a 20 de novembro.

Michel Platini foi suspenso juntamente com Joseph Blatter, o atual presidente da FIFA, por alegadas práticas de corrupção. A Procuradoria-Geral da Suíça suspeita de um pagamento irregular de Blatter a Platini. O valor do pagamento terá rondado os 2 milhões de francos suíços (cerca de 1,8 milhões de euros).

O ex-jogador da Juventus e seleção francesa apresentou a candidatura à presidência da FIFA, mas a mesma foi também suspensa pelo Comité de Ética. Essa é, aliás, a razão que Platini diz estar por trás deste escândalo: atrasar “deliberadamente” a candidatura à FIFA.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)