A plataforma de crowdfunding (financiamento coletivo) luso-britânica Seedrs tornou-se num dos principais investidores do Reino Unido, para startups numa fase muito inicial, ao atingir o marco de 130 milhões de euros investidos através da plataforma, desde que foi criada, em 2012.

Nos últimos três meses, a Seedrs contribuiu para 23,2 milhões de euros em investimentos. A britânica Tossed, por exemplo, angariou 1,73 milhões de euros através da plataforma, numa operação que envolveu 661 investidores. Já a também britânica FreeAgente angariou 1,56 milhões junto de 700 investidores.

Em janeiro, a Seedrs já tinha sido considerada pela Bloomberg como uma das empresas mais inovadoras do Reino Unido, integrando o ranking das 53 empresas de setores como finanças, tecnologia ou outras áreas de crescimento acelerado presentes no Business Innovators 2016.

Só em 2015, a startup contribuiu para que 340 negócios europeus, oriundos de 24 países, recebessem um total de 86,2 milhões de euros em investimento. Para este ano, o objetivo passa por duplicar a equipa da Seedrs, contratando mais 40 colaboradores.

Neste momento a startup portuguesa Climber Hotel – que desenvolveu uma solução que promete ajudar os hotéis a maximizar as suas receitas através de tarifas dinâmicas – tem em curso na plataforma uma campanha de financiamento ativa de 84 mil euros em ações convertíveis, ou seja, que fica sujeita a uma emissão futura de pelo menos 582 mil euros. Desta forma, quem investir agora, recebe ações da empresa com um desconto de 30% sobre o preço da futura emissão.

A Seedrs permite que indivíduos e instituições invistam dinheiro em empresas com forte potencial de crescimento, através de um processo online. Está aberta a investidores e empresas europeias, por enquanto. É a primeira plataforma de crowdfunding (financiamento coletivo) com atividade autorizada e regulada pela autoridade britânica, a Financial Conduct Authority.