Lembra-se do Dr. Henry Jones? Talvez o conheça melhor pela sua alcunha: Indiana Jones, o reconhecido explorador dos filmes de Steven Spielberg. Depois das aventuras do mais famoso arqueólogo de todos os tempos, surge agora uma versão real da personagem. Mas em vez de procurar a Arca da Aliança ou uma pedra mística, Blaine Gibson encontrou parte de um avião.

Blaine Gibson, advogado americano de 58 anos, não usa chapéu de abas nem chicote, mas é um verdadeiro Indiana Jones do século XXI. Gibson dedicou o último ano a procurar o avião da Malaysia Airlines que desapareceu, sem deixar rasto, há dois anos. Em fevereiro, na costa de uma ilha deserta em Moçambique, encontrou um fragmento de uma asa.

O pedaço de metal encontrado por Gibson apresentava a inscrição “No step” (“não pisar”) e as autoridades dos Estados Unidos da América acreditam que a peça podia fazer parte de um estabilizador horizontal da cauda do avião que desapareceu. Depois desta descoberta, muitas famílias pediram às autoridades para iniciarem buscas na costa oriental africana.

O voo MH370 desapareceu, a 8 de março de 2014, quando fazia a travessia entre Kuala Lumpur (Malásia) e Pequim (China). Mais de 100 milhões de dólares foram gastos pelos governos da China, Malásia e Austrália, mas as buscas não deram qualquer resultado sobre o paradeiro do avião onde viajavam 239 passageiros.