O músico norte-americano Iggy Pop atuará em julho, em Portugal, integrado no cartaz do festival Super Bock Super Rock (SBSR), em Lisboa, anunciou esta segunda-feira a organização.

Iggy Pop edita esta semana o álbum “Post Pop Depression”, que contou com a produção e participação de Josh Homme, mas a atuação a 15 de julho, em Portugal, será a solo, sem o músico dos Queens of the Stone Age, referiu fonte da Música no Coração à Lusa.

Fora o trabalho com os Stooges, Iggy Pop, 68 anos, conta com quase duas dezenas de discos a solo, desde “The Idiot” e “Lust fo life”, ambos de 1977, até “Post Pop Depression”, de 2016. A carreira a solo seguiu-a depois de três álbuns com os Stooges, entre 1969 e 1973.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Na gravação deste disco, feita quase em segredo ao longo do último ano, participaram ainda Dean Fertita, dos Queens of The Stone Age, e Matt Helders, dos Arctic Monkeys.

O regresso de Iggy Pop a Portugal insere-se numa digressão europeia, para apresentar aquele disco, do qual fazem parte músicas como “Gardenia”, “American Valhalla” e “Break into your heart”.

Iggy Pop, 68 anos, considerado um dos ícones do punk rock, junta-se a um cartaz do SBSR que conta já com mais de uma dezena de nomes, entre os quais The National, Kendrick Lamar, Massive Attack com Young Fathers, Jamie XX, Mac DeMarco e Orelha Negra.

O SBSR decorrerá de 14 a 16 de julho no Parque das Nações.