O Feirense garantiu este sábado a promoção ao principal escalão do futebol português depois de empatar em Chaves e beneficiar do empate do Portimonense no campo do Varzim. A equipa treinada por José Mota, anteriormente orientada por Pepa, junta-se assim ao Desportivo de Chaves de Vítor Oliveira, a primeira equipa a agarrar a subida de divisão.

A Segunda Liga nem foi vencida por nenhuma destas equipas, mas sim pelo FC Porto B de Luís Castro. Os dragões não podem subir, mas fizeram um ano de alto gabarito, amealhando 86 pontos. O Chaves terminou com 81, enquanto o Feirense fechou o ano com 78, os mesmos do Portimonense.

Como lembra Rui Miguel Tovar no Twitter, o Chaves e o Feirense estarão juntos na Primeira Divisão pela primeira vez desde 1989/90. Nessa época, os homens de Santa Maria da Feira acabariam por terminar em último, enquanto o Chaves, orientado por José Romão, terminaria no surpreendente quinto lugar.

Em caminho inverso, para o Campeonato Nacional de Seniores (3º escalão), descem Farense, Atlético, Oriental, Oliveirense e Mafra. Os quatro primeiros têm no seu passado experiências na primeira divisão do futebol português.

O desempenho das equipas B dos grandes de Portugal não podia ter sido mais díspar. Enquanto o FC Porto venceu o campeonato, depois de uma ótima época André Silva (14 golos) e Ismael Díaz (13), o Sporting de João de Deus terminou na décima posição. O Benfica, treinado por Hélder Cristóvão, foi quem teve de suar até ao fim, garantindo a manutenção na última jornada, depois de uma goleada de 5-0 vs Freamunde — os encarnados terminaram com mais um ponto do que o Farense, tal como o Leixões.