As mais recentes estatísticas da Segurança Social (ISS), atualizadas a 20 de abril, apontam uma diminuição de 1,5% face a março, mês em que 164.199 idosos beneficiaram desta prestação social.

Comparando com abril do ano passado, verificou-se uma quebra de 3,1%, passando de 166.786 para os atuais 161.655, o que representou menos 5.131 idosos a receberem esta prestação social.

As mulheres representam a maioria dos beneficiários, totalizando 113.168, adiantam os dados publicados no ‘site’ da Segurança Social.

A maior parte dos beneficiários reside no distrito do Porto (26.069), seguindo de Lisboa (23.985) e de Braga (12.227).

O Complemento Solidário para Idosos é um apoio em dinheiro pago mensalmente às pessoas com mais de 66 anos, com baixos recursos financeiros.

Em janeiro, o valor de referência do Complemento Solidário para Idosos aumentou para os 5.059,00 euros por ano, ou seja 421,58 euros por mês.