Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O príncipe William pode muito bem ser o segundo na linha de sucessão ao trono britânico, mas nem por isso está livre de levar ralhetes da avô. “Levanta-te, William!”, disse a rainha Isabel II no passado dia 11 de junho, fazendo um gesto com a mão a sinalizar a ordem. O momento captado em vídeo já se tornou viral, não fosse a hilariante (e meio constrangedora) reação do príncipe.

Tudo aconteceu durante as cerimónias oficiais que marcaram os 90 anos da monarca, realizadas na semana passada. A família real — duquesa de Cambridge e os dois filhos incluídos — estavam na varanda do palácio de Buckingham, como de habitual, desta vez para assistir à cerimónia Trooping The Coulour. O retrato que parecia ideal foi interrompido quando William se ajoelhou para falar com o pequeno George de apenas dois anos, ato que motivou a reprimenda da rainha.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

https://www.youtube.com/watch?time_continue=9&v=mA5NVQ1voRg

A imprensa internacional delirou com o sucedido e também refletiu. Exemplo disso é o Daily Mail que dá conta que, apesar de William ter 33 anos, ser pai de dois e o futuro herdeiro do trono britânico, nunca se é demasiado velho ou importante para se ouvir da avó.