Euro 2016

Ronaldo atira microfone da CMTV para um lago

6.584

Cristiano Ronaldo atirou um microfone da CMTV para um lago, esta manhã, em Lyon, ao ser questionado por um jornalista do canal sobre se estava preparado para o jogo desta tarde.

Ronaldo atirou o microfone da CMTV para um lago, esta manhã, em Lyon

Cristiano Ronaldo atirou um microfone da CMTV para um lago, esta manhã, após ter sido interrogado pelo jornalista sobre se estava preparado para o jogo desta tarde.

Os jogadores encontravam-se a passear junto ao hotel em que a seleção está alojada, em Lyon. CR7 arrancou o microfone das mãos do jornalista e atirou-o para um lago próximo.Vários elementos da equipa, jornalistas e muitos adeptos assistiram ao momento.

O vídeo está a tornar-se viral nas redes sociais.

Ronaldo vs. Correio da Manhã: o historial

Os historial de polémicas entre Cristiano Ronaldo e o Correio da Manhã não é novo. Em setembro de 2015, CR7 anunciou que iria processar o jornal, na sequência de uma notícia em que o jogador era acusado de assédio a uma jovem norte-americana. Na altura, Ronaldo escreveu no Facebook que se tratava de um “rumor sem qualquer fundamento, com base em boatos veiculados em websites sem qualquer credibilidade”, e exprimiu a sua indignação “por mais uma vez o Correio da Manhã utilizar abusivamente” o seu nome e imagem.

Também em 2015, numa conferência de imprensa relativa ao jogo de apuramento para o Euro entre Portugal e a Dinamarca, Ronaldo recusou responder a uma questão da CMTV, perguntando: “O que é isso de CMTV?”

Outro caso remonta a 2011, altura em que a revista Vidas, do Correio da Manhã, publicou uma entrevista à ama do filho de Cristiano Ronaldo, intitulada “Ama revela segrados do clã Aveiro”. Na entrevista, a ama, Maria Manuela Rodrigues, contou detalhes sobre a conceção do filho de CR7, e disse que teriam sido utilizados os óvulos de uma mulher e a barriga de outra. Três anos depois, em 2014, o juiz deu razão a Ronaldo e condenou o jornal a uma multa de 3.900 euros. As jornalistas que escreveram o texto tiveram de pagar 800 euros cada uma, e também a ama da família foi condenada a pagar 1.530 euros de multa.

Em 2012, Ronaldo também anunciou que iria processar o Correio da Manhã por violação de privacidade, como se lê nesta notícia do Jornal de Notícias. Também no Facebook, o jogador escreveu: o CM “demonstrou, mais uma vez, de forma vergonhosa, o desrespeito total pela minha vida privada, violando a lei e a ética do jornalismo”. “Há limites para o desrespeito pela vida íntima e privada das pessoas”, escreveu após o jornal ter divulgado fotografias das férias de Ronaldo e Irina Shayk na sua casa, no Gerês.

292 euros para o lago

O Correio da Manhã já veio divulgar o preço do microfone que foi parar ao fundo do lago. “É da Sennheiser, uma conceituada marca do ramo”, lê-se no texto do Correio da Manhã.

micro cmtv

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Espanha 2015

Nem tudo vale na política

Dantas Rodrigues

Oportunismos como o da candidatura de Manuel Valls em Barcelona é que degradam a imagem da política e alimentam a propagação de partidos populistas sejam eles de extrema-direita ou de extrema-esquerda

Igreja Católica

Tríptico europeu /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

A Europa do terceiro milénio, perdida a sua identidade cristã, que era a razão de ser da sua unidade e grandeza, é um continente à deriva.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)