Obrigado por ser nosso assinante. Não se esqueça de subscrever a nossa Newsletter exclusiva dos bastidores.

A Audi acaba de dar o primeiro passo para tornar realidade o automóvel permanentemente conectado com o ambiente em redor, ao anunciar a implementação da tecnologia V2I (vehicle-to-infrastructure platform), nos EUA. O anúncio foi feito pela própria marca dos quatro anéis, apontando como prazo para o arranque deste projecto o início do próximo Outono, ou seja, finais de Setembro.

Segundo o fabricante, a tecnologia permitirá aos automóveis da marca germânica permanecerem em comunicação permanente com a rede de sinais luminosos, através da ligação LTE existente nos veículos, recebendo dessa forma a informação de quanto tempo falta para que os sinais fiquem verdes ou vermelhos. Acredita-se que, assim, a implementação deste sistema permitirá evitar colisões e reduzir congestionamentos.

Os automóveis da Audi vão passar a exibir uma contagem decrescente até que os sinais fiquem verdes, o que permite diminuir a ansiedade dos automobilistas e reduzir consumos

Os automóveis da Audi vão passar a exibir uma contagem decrescente até que os sinais fiquem verdes, o que permite diminuir a ansiedade dos automobilistas e reduzir consumos

Numa fase inicial disponível apenas nos novos modelos Q7, A4 e A4 Allroad, produzidos desde 1 de Junho de 2016, esta primeira aplicação da tecnologia V2I fará parte do novo pacote de serviços Connect Prime que a Audi passará a oferecer aos seus clientes nos EUA. Contudo, a possibilidade de o condutor poder tirar partido desta tecnologia está dependente das cidades e das áreas metropolitanas norte-americanas que venham a aderir ao conceito.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“No futuro, vamos poder usufruir desta tecnologia integrada nos sistemas de navegação, na função Stop&Start e até usá-la para melhorar o tráfego citadino”, antecipa o director geral da Audi para Conectividade, Pom Malhotra.

Veja como funciona:

[jwplatform ldhg2Sdg]