(No dia em que passam 55 anos da morte de Marilyn Monroe, o Observador recupera esta fotogaleria onde foram reveladas fotografias nunca antes vistas da estrela de Hollywood na intimidade)

James Collins, um dos grandes fãs de Marilyn Monroe durante os anos cinquenta, libertou esta segunda-feira dezenas de imagens da estrela de Hollywood longe das luzes da ribalta. O fotógrafo acompanhava a lenda do cinema com os “Monroe 6”, um grupo de seis adolescentes que seguia Marilyn Monroe sempre que ela estava em Nova Iorque. Eram seguidores tão assíduos que acabaram por ter acesso especial à artista em alguns dos seus momentos mais íntimos.

De acordo com os relatos de James Collins ao Vintage Everyday, o grupo usava “uma câmara fotográfica qualquer, daquelas muito simples, porque nenhum tinha muito dinheiro para material caro”. Tiveram uma ponta de sorte: o cabeleireiro de Marilyn Monroe era amigo dos adolescentes e contava-lhes onde é que a estrela iria estar ao longo do dia. “Depois de a fotografarmos corríamos para a drogaria para termos múltiplas fotografias instantâneas. Assim, todos tínhamos direito a todas as fotos que tínhamos tirado dela”, contou.

Os “Monroe 6” seguiram Marilyn Monroe durante um ano inteiro, entre 1955 e 1956. “São todas fotos cândidas, mostram os dois lados dela. De dia, era uma rapariga muito querida e amável, mas à noite transformava-se numa estrela de cinema”. Veja algumas das imagens na fotogaleria.