Liga dos Campeões: as previsões de uma jornada agridoce

As previsões do Observador acertaram pouco numa jornada com muitas, muitas surpresas. Uma delas amarga para os portugueses, com o Sporting a ficar afastado das ligas europeias.

i

Não foi amarelo, foi mesmo ordem de expulsão do Sporting das ligas europeias

Bartlomiej Zborowski/EPA

Não foi amarelo, foi mesmo ordem de expulsão do Sporting das ligas europeias

Bartlomiej Zborowski/EPA

Foi uma jornada muito variada para as equipas Portuguesas. O Porto goleou o Leicester no melhor resultado da temporada garantido a passagem. O Benfica perdeu, mas graças a milagres em Kiev continua na liga milionária. O Sporting… que dizer sobre o Sporting? O grupo era difícil à partida, boas exibições contra o Real Madrid e o Borussia e no fim uma derrota com o humilde Legia faz com que a temporada europeia acabe prematuramente em novembro (algo que apenas antevíamos com uma probabilidade de 22%..)

E como se comportou o nosso modelo nesta jornada?

Bem, honestamente: não muito bem. Apenas “acertámos” em metade dos resultados – como sempre considerando com previsão o resultado com maior probabilidade de ocorrência. As maiores surpresas da jornada foram os empates do PSG, City e Real Madrid em casa contra equipas teoricamente mais fracas – particularmente no caso do PSG. Outra surpresa foi a derrota do Benfica frente ao Nápoles, mas… como tínhamos “previsto” o Dínamo de Kiev derrotou o Besiktas e assim o sonho de terminar com a maldição de Bela Guttman continua.

E daqui para a frente?

O futuro da competição vai depender muito do sorteio, que não se adivinha nada fácil para o Benfica e Porto, que acabaram a fase de grupos no segundo lugar. Pelas nossas contas, o Porto está em último lugar no ranking das 16 equipas qualificadas e o Benfica apenas em 13º. Mas à partida, ainda não sabendo os adversários, antevemos que o Benfica tem uma probabilidade de 41% de chegar aos quartos, não muito diferente dos 35% do Porto.

Os 5 favoritos continuam sólidos. O Real Madrid, apesar do segundo lugar na fase de grupos, continua sendo a equipa favorita, muito por sorte das regras da UEFA ditarem que irá evitar qualquer equipa espanhola nos oitavos de final (uma benesse que, por exemplo, não assiste às equipas portuguesas).

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.