Irmão gémeo do novo Kia Rio, o Hyundai i30, modelo que o próprio fabricante descreve como “o nosso carro mais importante na Europa”, começou a ser produzido na fábrica que o construtor automóvel sul-coreano possui em Nosovice, na República Checa, tendo como destino os mercados do Velho Continente. A terceira geração do popular compacto é fabricada nas mesmas instalações de onde saem, por exemplo, a nova geração do SUV Tucson e o monovolume ix20.

O novo i30, o primeiro modelo da Hyundai a ser totalmente desenvolvido em solo europeu, mais concretamente, no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento que o fabricante sul-coreano possui na Alemanha, conta com três motorizações a gasolina e outras tantas a gasóleo. No primeiro caso, traduzidas num 1.4 com 100 ou 140 cv, assim como num tricilíndrico 1.0 de 120 cv; no segundo, centradas num 1,6 litros, nas variantes de 95, 110 e 136 cv.

Com o início da comercialização nos principais mercados europeus agendado já para o princípio de 2017, a terceira geração do Hyundai i30 traz sobre os ombros pesada responsabilidade, com os responsáveis da marca a assumirem que o objectivo é “continuar o sucesso das duas gerações anteriores, que acumulam mais de 800.000 unidades vendidas na Europa, desde 2008”.