Foi há 10 anos que a Google lançou o Street View, uma forma de visualizar as ruas de todo o mundo em imagem real. A partir desta quinta-feira, o Google Street View no Google Maps permite explorar a Estação Espacial Internacional (ISS).

Em comunicado, a Google diz que “esta será a primeira coleção do Street View registada num ambiente sem gravidade”. Os utilizadores podem agora visitar os 15 módulos e os veículos SpaceX Dragon e Orbital Cygnus da Estação Espacial Internacional, em 360º.

Esta será também a primeira coleção do Street View com anotações, uma funcionalidade que estava apenas disponível para os museus presentes no Google Arts & Culture. À medida que se vai fazendo uma visita pelos módulos da ISS no Google, temos acesso a anotações com informação útil sobre os locais onde os astronautas fazem ginástica e experiências científicas e até como se alimentam.

De volta à Terra, atualmente são mais de 80 os países que podem ser “visitados”, com imagens reais, à distância de um monitor. Mas esta ferramenta tem outras cinco funcionalidades que talvez ainda não conheça.

Estudar o meio ambiente das cidades

Foi este ano que os automóveis da gigante tecnológica foram equipados com ferramentas que lhes permitem medir a qualidade do ar. Os primeiros testes foram feitos em Oakland, Boston, Nova Iorque e Indianápolis. Os dados das amostras recolhidas pelos carros da Google revelaram detalhes sobre a qualidade do ar de vários bairros e ruas.

Crédito: ROLAND SCHLAGER/AFP/Getty Images

Videojogos baseados em ruas reais

Esta tecnologia tem permitido à indústria independente dos videojogos criar jogos que fazem uso das imagens capturadas pelo carro da Google.

O GeoGuesser, por exemplo, apresenta-se como uma espécie de “jogo” que desafia o jogador a adivinhar no mapa mundo de que localização se trata quando apresenta determinada imagem real de uma rua.

Fonte: GeoGuesser

Já o Pursued transporta-o para uma rua e deixa-o navegar numa perspetiva 360º para descobrir também de que cidade se trata. Mas atenção: neste jogo tem tempo limite para descobrir.

Fonte: Pursued

O MapsTD é outra opção e assemelha-se aos tradicionais jogos de estratégia, onde o utilizador tem de defender a sua localização de ataques inimigos, ao instalar “bases de ataque”.

Fonte: MapsTD (Localização: Lisboa)

A própria Google não quis ficar de fora e também criou o Smarty Pins, um jogo trivial de perguntas, onde tem de adivinhar a que se cidade se refere o teste.

Fonte: Smarty Pins

Visitas guiadas e percursos por lugares inacessíveis

A Street View já é mais do que uma ferramenta virtual para ver ruas. A inovação já se expandiu até ao Google 360, um programa que oferece a opção de propor a entidades privadas e municípios percursos virtuais que podem ir desde monumentos emblemáticos até a parques naturais.

As ruínas de Pompeia são um desses exemplos.

Fonte: Google Street View

Avaliar estragos depois de uma catástrofe

As imagens que a Google recolhe podem ajudar a avaliar estragos depois de uma catástrofe, como terramotos ou tsunamis. Em 2013, por exemplo, um cientista da Universidade de Colónia, na Alemanha, recorreu às imagens da Street View para documentar os estragos causados pelo terramoto de 2009 na cidade italiana de Áquila.

Outro exemplo é o sismo que destruiu a costa do Japão em 2011. As imagens da Google permitiram avaliar o nível dos estragos e as imagens seguintes ajudam a perceber os avanços das reparações depois da tragédia.

Fonte: Google Street View (Localização: Japão)

Uma ferramenta para artistas

Os Arcade Fire criaram, em 2010, o “The Wilderness Downtown“, um projeto que promovia a canção “We used to wait”, onde o utilizador podia selecionar a cidade que desejasse e assim ia ouvindo a música vendo as imagens da cidade escolhida.

Outra possibilidade pode ser aquilo que fez o fotógrafo Aaron Hobson. Este fotógrafo percorreu várias ruas na Street View e fez várias compilações das imagens mais curiosas que encontrou. Ao projeto chamou-lhe de Cinemascapes.

Fonte: Aaron Hobson

Estas são algumas das funcionalidades que podem ser feitas pela Street View da Google. Mais do que ver ruas num ângulo 360, esta tecnologia permite fazer muito mais apenas com um pouco de criatividade.

Atualizado com a informação sobre a disponibilidade do Street View na ISS.