535kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 32.99/mês aqui.

O tamanho importa: conheça a distância dos assentos nas principais companhias low cost

Este artigo tem mais de 5 anos

Um tribunal norte-americano pediu à Administração Federal de Aviação que estabelecesse um tamanho mínimo de assento para voos comerciais - há quem tenha mais de dois metros e há quem tenha 71 cm.

Na Air Europa, as distâncias entre os assentos e a largura dos mesmos é praticamente a mesma entre a classe económica e a primeira classe
i

Na Air Europa, as distâncias entre os assentos e a largura dos mesmos é praticamente a mesma entre a classe económica e a primeira classe

ALBERTO ATIENZA/EPA

Na Air Europa, as distâncias entre os assentos e a largura dos mesmos é praticamente a mesma entre a classe económica e a primeira classe

ALBERTO ATIENZA/EPA

Um tribunal nos Estados Unidos pediu à Administração Federal de Aviação (AFA) para estabelecer um tamanho mínimo entre os assentos dos aviões em voos comerciais. A exigência aconteceu depois de a AFA ter alegado que o tamanho e distância dos assentos não é uma questão relevante na hora de evacuar um avião. Debates de segurança à parte, será que o tamanho importa na hora de reservar um voo?

Serão as companhias “low-cost” menos seguras?

Quem já viajou de avião sabe o quão incómodo pode ser aquele passageiro que não consegue evitar pontapear o assento da frente, ou ocupar o apoio do braço que não lhe pertence. Mas a culpa não é só do passageiro: tenhamos como exemplo a Iberia: entre cada assento, os passageiros têm apenas entre 71 a 76 centímetros, assentos esses que não passam dos 43 centímetros (em classe económica). Os valores não variam muito, com a Norwegian Airlines a ser a mais generosa para os passageiros de classe económica: 81 centímetros entre assentos. Já o tamanho do assento em si varia apenas dois centímetros (para todas as companhias).

A questão surge numa altura em que as companhias low-cost lucram como nunca antes lucraram, com a demanda por novos espaços a ser uma constante e o caos instalado nos aeroportos (Lisboa não foge à regra).

“Enormes atrasos” nos aeroportos europeus devido a normas de segurança

Confira na infografia em baixo a distância entre assentos e a largura dos mesmos nas principais companhias low-cost, segundo dados da TripAdvisor.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.