O programador Abraham Masri criou uma hiperligação que faz congelar automaticamente o sistema operativo dos iPhone, o iOS, e pode até levar o smartphone a reiniciar. Através do iMessages, a aplicação de mensagens nativa dos smartphones da Apple, o link direciona o utilizador para um site que, pela quantidade de conteúdos, sobrecarrega o sistema operativo.

O bug foi descoberto por Masri, que o partilhou no Twitter, apelidando o erro de “chaiOS bug”, uma alusão ao ficheiro HTML (o novo do ficheiro dos sites da Internet) criar “caos” no sistema. Segundo o The Verge, o erro descoberto — e criado — pelo programador não afeta todos os utilizadores. Através do Twitter, Masri afirma que a hiperligação apenas afeta as versões 10.0 até à mais recente do iOS, no entanto, pode também afetar a aplicação Messages nos computadores da Apple.

https://twitter.com/cheesecakeufo/status/953128515737673729

Um dos grandes problemas deste bug é que basta o utilizador receber o link por mensagem para criar o conflito na app de mensagens. Não precisa de abrir. A app, por definição, faz um carregamento dos links para mostrar uma pré-visualização, levando o sistema a bloquear. O mesmo link pode também bloquear aplicação Messages no macOS, mas neste caso reiniciá-la é suficiente par tudo voltar ao normal, avisa a mesma publicação.

Desde que foi partilhada no Twitter a hiperligação, o servidor onde estava alojada tem banido todos os sites criados para criar o erro no iMessages, fazendo-a difícil de encontrar. Vários utilizadores criticaram a atuação de Masri por, ao ter descoberto (e criado a hiperligação) com o erro ter partilhado na Internet. Em situações semelhantes, o recomendado é os programadores avisarem as empresas antes de divulgarem os erros.

A solução para os utilizadores afetados passa por, através das definições, bloquear o domínio de onde provém a hiperligação ou tentar apagar a lista de mensagens do remetente que as enviou. A Apple ainda não se pronunciou quanto a este bug, mas é expectável que numa próxima atualização o problema seja resolvido.

Não é a primeira vez que links prejudiciais para o sistema operativo os iPhone são criados e divulgados. No entanto, com polémicas com as baterias dos equipamentos e com o Spectre e Meltdown a afetar também os iPhone, mais críticas por utilizadores ao cuidado da empresa com a segurança dos smartphones têm surgido.