A primeira ligação aérea direta, sem escalas entre a Austrália e Europa (Reino Unido) foi concluída esta madrugada com sucesso, depois de mais de 17 horas no ar, revelou a companhia responsável pela viagem. Esta foi a primeira ligação sem escalas entre a Austrália e a Europa, feita entre as cidades de Perth e Londres, e foi efetuada pela companhia aérea Qantas, num voo que percorreu 14.498 quilómetros no avião 787-9 Dreamliner.

Segundo a agência espanhola EFE, foram mais de 200 os passageiros transportados nesta ligação direta, que começou na cidade de Perth, no oeste da Austrália, às 19h locais (11h em Lisboa) de sábado e terminou às 5h02 deste  domingo no aeroporto de Heathrow, em Londres (mesma hora em Lisboa). O voo de regresso parte este domingo às 13h15 (hora de Lisboa) de regresso.

A nova rota é 24% mais extensa do que o serviço mais longo oferecido até agora pelo Reino Unido, o voo operado pela empresa Garuda Indonesia entre Heathrow e Jacarta, uma rota sem escalas de 11.707 quilómetros. A ligação com Perth é cerca de três horas mais rápida do que as rotas que envolvem paragem no Oriente Médio para mudar de avião ou reabastecer.

Alan Joyce, presidente da Qantas, defendeu que a nova rota “muda o jogo” e lembrou que os voos oferecidos até agora, entre Austrália e Reino Unido, conhecidos como “a rota canguru”, duram quatro dias e envolvem sete escalas. O anúncio da inauguração desta nova rota ocorreu no final de 2016, depois de a empresa e o aeroporto de Perth chegarem a acordo para este voo poder usar o terminal doméstico.