Portugal garantiu esta sexta-feira cinco finais em sete possíveis nos Europeus de canoagem, com destaque para Fernando Pimenta, que assegurou a presença nas regatas das medalhas em K1 500 e 1.000 metros.

Bicampeão europeu em K1 1.000, o canoísta do Benfica foi o primeiro português a ir para a água em Belgrado, vencendo a primeira eliminatória da distância, em 3.41,493 minutos, garantindo a única vaga direta para a final. Cerca de duas horas depois, o atleta de Ponte de Lima repetiu a proeza, garantindo igualmente a única vaga direta para a final de K1 500 na sua eliminatória, com 1.43,776 minutos.

A final de K1 1.000 metros vai ser disputada no sábado, e Pimenta vai tentar o terceiro título consecutivo, antes de procurar no dia seguinte o primeiro na distância mais curta.

Também Joana Vasconcelos e Teresa Portela garantiram a qualificação direta para a final de K2 500, ao serem terceiras na sua eliminatória, com um tempo de 1.45,172 minutos, disputando a final no domingo.

Depois de terem falhado o acesso direto à final nas eliminatórias, João Ribeiro, Messias Baptista, Emanuel Silva e David Varela foram segundos na meias-finais de K4 500, com um tempo de 1.24,689 minutos, e também seguiram para a final de domingo. Também já nas meias-finais, Bruno Afonso e Marco Apura qualificaram-se para a final de C2 1.000, vencendo a sua série em 3.46,209 minutos.

Menos de meio segundo separou o K4 500 feminino da final, com Teresa Portela, Joana Vasconcelos, Francisca Laia e Márcia Aldeias a ficarem no quarto lugar da sua meia-final, a 0,480 segundos da Sérvia, a última apurada. Hélder Silva foi apenas sexto na sua meia-final de C1 500 e ficou fora da final.