Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

À saída do Aeroporto Humberto Delgado, onde Portugal chegou ao final da tarde de domingo, muita foi a festa e as palavras de apoio para com os jogadores portugueses. Bruno Fernandes deixou-se ficar dentro do Aeroporto, não teve oportunidade de conviver com os adeptos, mas não escapou aos jornalistas que se deixaram ficar no exterior do recinto.

De volta a Portugal e terminado o Mundial, Bruno Fernandes não fugiu à questão do momento: o que se segue entregada que está a carta de rescisão para com o Sporting? “O Sporting e as pessoas indicadas já sabem qual é a minha intenção”, referiu, não deixando de afirmar: “Quero ficar bem com o Sporting”.

Se ficar no Sporting é possível? Claro que é possível. Se ambas as partes quiserem, claro que é possível. Há hipótese de tudo”, afirmou o médio da Seleção Nacional aos jornalistas.

Questionado sobre uma possível transferência para o rival Benfica, o médio português desvalorizou os rumores e atirou: “Se fosse por vocês, já tinha assinado”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR