Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

No anúncio que passa na televisão, a Master Copper parece ser capaz de resistir a tudo: pode ir ao forno, nunca se risca e dura uma vida. Os ovos estrelados não são problema, as omeletas são coisas para meninos e fazer pizzas é muito mais fácil. Tudo graças ao material de que a famosa frigideira é alegadamente feita: o cobre . Aliás, “Master Copper” quer dizer literalmente “mestre de cobre”.

O problema é que nem tudo o que Juan Sánchez — o chef  bem disposto que é “o mais famoso da TV” — corresponde à verdade: testes feitos pela DECO Proteste concluíram que a Master Copper não é feita cobre, mas sim de alumínio. Os alimentos colam ao fundo e é difícil de lavar. Por outras palavras, é uma fraude.

“Estamos perante publicidade enganosa”, afirma a associação de defesa do consumidor no seu site, adiantando que já apresentou queixa à Direção-Geral do Consumidor.

A DECO Proteste decidiu testar o produto depois de ter recebido várias queixas de consumidores. Apesar de a frigideira ser anunciada na televisão como tendo “características únicas” que faz com que se destaque de “quaisquer produtos semelhantes à venda no mercado nacional”, esta não foi capaz de passar em nenhum dos testes efetuados pela associação de defesa do consumidor, que filmou todo o processo e o disponibilizou online:

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No final, a DECO concluiu que “o desempenho no laboratório desmente todas as promessas” do anúncio televisivo. “A Master Copper não passa de publicidade enganosa.”

De modo a ajudar todos aqueles que se sentiram enganados pelo chef Sánchez e pela sua falsa frigideira de cobre a receber o seu dinheiro de volta, a DECO Proteste criou um formulário online através do qual promete entrar em contacto com todos os que se inscreverem nele, num prazo de 48 horas. “Se comprou esta frigideira e sente-se enganado, pode devolver o produto e pedir o reembolso do dinheiro: tem dois anos para exercer este direito. A DECO Proteste ajuda neste processo”, anuncia a associação. Os consumidores têm direito à devolução dentro do prazo de garantia, uma vez que a Master Copper não corresponde exatamente aquilo que é anunciado.