2.100 quilos de cocaína foram apreendidos pela Polícia Judiciária no Canal da Mancha, nesta segunda-feira. A grande quantidade de estupefacientes estava a ser transportada por uma embarcação de recreio com pavilhão holandês, proveniente da América Latina e com destino ao continente europeu.

Dois homens com 44 e 59 anos de idade foram detidos pelas autoridades do Reino Unido, em colaboração com a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes e com o Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada.

2.100 quilos de cocaína foram apreendidos pela Polícia Judiciária, no Canal da Mancha

Esta operação pertence a uma ação conjunta das polícias de vários países, visando o bloqueio da entrada e tráfico de cocaína no Oceano Atlântico e no território europeu.

Nos últimos meses foram realizadas operações semelhantes a esta que permitiram a apreensão de “avultadas quantidades de cocaína transportada por via marítima”, informa a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes.

A embarcação que carregava cocaína provinha da América do Sul e tinha como destino a Europa

Ainda nesta segunda-feira, uma mulher de 33 anos foi detida por suspeita de tráfico de droga pela PJ no concelho de Ponta Delgada.

A suspeita, que é empregada de restauração, tinha na sua posse pólen de haxixe suficiente para cerca de quatrocentas doses individuais.