Um estudo recente no campo da imunoalergologia volta a sublinhar que expor os bebés a ambientes pouco esterilizados pode ajudá-los a desenvolver defesas imunitárias e, por sua vez, prevenir o desenvolvimento de alergias durante a sua vida. Colocar a sua saliva na chupeta dos filhos pode parecer uma ideia contraproducente, mas segundo este estudo pode ser uma boa forma de fazer com que o sistema imunitário do seu filho se torne mais resistente.

Segundo o estudo, verificaram-se níveis baixos de proteínas alergénicas — que causam alergia — em bebés cujas mães admitiram usar as suas chupetas, comprovando que uma exposição precoce a micróbios [presentes na saliva das mães] pode ajudar a prevenir o desenvolvimento alergias.

Crê-se que a exposição a micróbios durante a infância pode ter repercussões no sistema imunitário dos indivíduos durante a sua vida”, disse Eliane Abou-Jaoude, investigadora especialista em Imunoalergologia, em declarações à CNN.

Embora seja recente, o estudo foi já alvo de algumas críticas por parte da comunidade médica. Andrew MacGinnitie, diretor clínico da divisão de Imunologia no hospital pediátrico de Boston, confirmou que “[este estudo] vem confirmar que a exposição das crianças a micróbios pode ajudar a prevenir alergias”, embora refira que uma das fraquezas do estudo seja a dimensão da amostra estudada, que neste caso foi reduzida.

Aponta, ainda, que não são contemplados outros fatores que podem ser decisivos no desenvolvimento imunológico infantil, tais como nascer por via vaginal, serem amamentados, viver perto de animais, estar em contacto com o lava-louça, roer as unhas ou chuchar no dedo e comer frutos secos.

Como é que nos tornámos tão alérgicos?