A Coreia do Sul qualificou-se esta terça-feira para os quartos de final da Taça Asiática de futebol, mas a equipa treinada por Paulo Bento necessitou do prolongamento para vencer o Bahrein por 2-1.

No Dubai, o golo que deu a qualificação aos sul-coreanos foi marcado aos 107 minutos, com o defesa Kim Jin-Sul a corresponder ao segundo poste, de cabeça e já em mergulho, a um cruzamento da direita. Antes, a Coreia do Sul tinha conseguido vantagem com um golo de Hwang Hee-Chan, aos 43 minutos, mas o Bahrein forçou o prolongamento quando Mohamed Al Romaihi estabeleceu o 1-1, aos 77 minutos.

Paulo Bento assumiu os destinos da Coreia do Sul em agosto de 2018, com o técnico português a ter 11 jogos realizados, os últimos quatro com triunfos na Taça Asiática.

A Coreia do Sul é um dos países com maior palmarés na prova, tendo-se sagrado duas vezes campeã, em 1956 e 1960, e quatro vezes vice-campeã, a última das quais na edição de 2015, quando perdeu na final com a Austrália, por 2-1, após prolongamento.

Com a competição alargada a 24 equipas na presente edição, os sul-coreanos disputarão os quartos de final frente ao vencedor do jogo entre Qatar e Iraque, que decorrerá ainda esta terça-feira.

Para os quartos da prova estão já apurados, além da Coreia do Sul, o Vietname, o Japão, a China, o Irão, treinado pelo português Carlos Queiroz, os Emirados Árabes Unidos, seleção anfitriã da prova, e a Austrália.