O Irão testou com sucesso um míssil de cruzeiro de um alcance superior a 1.350 quilómetros, indicou este sábado a televisão estatal iraniana.

“O míssil de cruzeiro Hoveizeh foi testado com sucesso após ter percorrido uma distância de 1.200 quilómetros e ter atingido o seu alvo”, declarou o ministro da Defesa, Amir Hatami.

Segundo o general Hatami, o novo míssil “é usado contra alvos terrestres fixos” e tem como características a preparação e reação rápida, a baixa altitude de voo, a alta precisão de navegação, o alcance e o poder de destruição.

O Irão mostrou o míssil fabricado no país por ocasião do 40.º aniversário da vitória da revolução que permitiu a República Islâmica e que se assinala no próximo dia 11.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O ministro da Defesa assinalou que o Irão conseguiu o sucesso mostrado este sábado apesar das sanções dos Estado Unidos.

O programa de mísseis balísticos do Irão foi uma das razões dadas pelo Presidente norte-americano, Donald Trump, para justificar a retirada em maio do acordo internacional sobre o nuclear de 2015 e o restabelecimento de sanções a Teerão.

O Irão tem mísseis com um alcance de até 2.000 quilómetros, o suficiente para atingir o seu arqui-inimigo Israel e as bases militares dos Estados Unidos na região.

As autoridades iranianas asseguram que os seus mísseis têm apenas um caráter defensivo e dissuasivo e recusam negociar o seu programa.