Benfica

Vieira anuncia nova geração de Casas do Benfica e aposta na formação das modalidades

198

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, anunciou uma nova geração das casas 'encarnadas', com a primeira a ser lançada em Santarém, realçando também a aposta na formação das modalidades.

A aposta na formação tornou-se uma prioridade para o Benfica, garante o presidente do clube

TIAGO PETINGA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, anunciou esta quinta-feira uma nova geração das casas ‘encarnadas’, com a primeira a ser lançada em Santarém, realçando também a aposta na formação das modalidades.

O líder máximo das ‘águias’, que discursava durante a gala ‘Cosme Damião’, que comemora o 115.º aniversário do Benfica, destacou a aposta em novas infraestruturas e obras de alargamento do Caixa Futebol Campus, no Seixal.

Estas obras serão em breve anunciadas publicamente. Estamos num processo de aquisição de novos terrenos para expandir ainda mais a nossa Caixa forte do Seixal”, afirmou.

Nesse sentido, a aposta na formação tornou-se uma prioridade para o Benfica. Vieira relembrou os talentos que estão a surgir agora no futebol, motivo pelo qual está a olhar para outros setores, nomeadamente no lançamento de novas equipas femininas no futebol, andebol e voleibol.

“Aposta na formação é algo que se pretende transversal a todas as modalidades, constituindo uma marca de identidade de toda a estratégia global definida para o clube. Dos projetos previstos para o futuro, gostaria também de realçar o novo centro de alto rendimento previsto para Oeiras, a construção do novo colégio internacional e do novo Hotel Benfica”, relembrou.

Com a recente passagem do Estádio da Luz e da BTV (canal de televisão afeto ao Benfica) para o clube, Vieira diz cumprir assim uma promessa eleitoral.

Esta decisão foi tomada em unanimidade em recente assembleia-geral da SAD e cumpre uma das promessas que desde a primeira hora fiz aos benfiquistas. Restituir o Benfica aos benfiquistas e poder dizer que hoje sim: o Benfica é nosso! O património do Benfica é 100% dos seus sócios”, sublinhou.

Nesse sentido, o próximo passo a dar visa aproximar ainda mais os benfiquistas do clube, independentemente do local onde se encontrem.

“Merece também especial realce o muito meritório trabalho de ampliação e modernização que tem sido realizado pelas nossas Casas do Benfica. Este ano lançará uma nova geração de Casas do Benfica 2.0. A primeira Casa será lançada em Santarém. Estas novas Casas conciliam ainda mais a componente desportiva e social, reforçando muito a oferta de serviços e a integração junto das comunidades locais”, asseverou.

A liderar a I Liga, em igualdade com o campeão em título FC Porto, ambos com 63 pontos, Vieira aproveitou o momento para pedir ainda mais união entre os adeptos e sócios, com o intuito de criar “uma onda vermelha”, num momento em que, afirma, a equipa está “brilhantemente dirigida por Bruno Lage, distingue pela qualidade das exibições e pela entrega que é apanágio do Benfica”.

“Faltam oito finais, que devemos encarar com humildade, confiança e ambição. Deixo aqui o apelo a todos os benfiquistas, para continuarmos com esta verdadeira ‘Onda Vermelha’ que atravessa o país e junto das comunidades portuguesas além-fronteiras. Nós acreditamos e estamos confiantes”, concluiu.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)