Foi uma possibilidade no mês passado, perdeu força nas últimas semanas, tornou-se confirmação no dia seguinte à passagem à final four da Taça da Liga: o Sp. Braga anunciou que decidiu despedir Ricardo Sá Pinto, que estava no comando técnico dos minhotos desde o início da temporada, altura em que substituiu Abel Ferreira. De acordo com o jornal Record, será Rúben Amorim, até aqui a orientar os Sub-23 do clube, o novo treinador.

“A SC Braga, SAD comunica a rescisão do contrato do treinador da equipa principal de futebol, Ricardo Sá Pinto, assim como dos seus adjuntos Rui Mota e Guilherme Gomes. O SC Braga agradece a Sá Pinto e à sua equipa técnica o empenho e a dedicação com que serviram este símbolo, não podendo deixar de registar os bons momentos vividos, em especial na UEFA Europa League, expressando também os votos das maiores felicidades para o futuro. A constituição da nova equipa técnica será anunciada antes do regresso do plantel aos trabalhos, agendado para dia 27″, anunciou o clube em comunicado divulgado esta segunda-feira. O novo treinador, que ao que tudo indica será Rúben Amorim, vai então ser anunciado ainda antes de sexta-feira, data marcada para o regresso aos treinos depois do Natal.

Ricardo Sá Pinto chegou ao Sp. Braga no início da presente temporada para substituir Abel Ferreira, que saiu para orientar o PAOK da Grécia. O treinador regressou a Portugal (onde já tinha orientado o Sporting e o Belenenses) depois de quatro anos de experiência no estrangeiro, entre o Al-Fateh da Arábia Saudita, o Atromitos da Grécia, o Standard Liège da Bélgica e ainda o Légia de Varsóvia da Polónia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O antigo internacional português vai assumir o comando técnico dos minhotos

Apesar dos bons resultados na Liga Europa, onde ficou no primeiro lugar de um grupo que incluía Wolverhampton e Besiktas, e da presença na final four da Taça da Liga confirmada este domingo perante o P. Ferreira, acabaram por ser os desaires na Primeira Liga a motivar a saída de Sá Pinto do comando técnico do Sp. Braga. Os minhotos, que entretanto também já foram eliminados da Taça de Portugal pelo Benfica, são nesta altura oitavos na classificação, atrás de Famalicão, V. Guimarães, Rio Ave e V. Setúbal, levam seis derrotas em 14 jogos e perderam os últimos dois jogos, contra o Desp. Aves e o P. Ferreira.

Já Rúben Amorim, que vai então assumir o comando da equipa, chegou aos Sub-23 do Sp. Braga esta temporada depois da primeira experiência enquanto treinador, no Casa Pia. O antigo jogador do Belenenses e do Benfica acabou por protagonizar um capítulo mediático na passagem por Pina Manique, já que não tinha o nível do curso de treinador necessário para dar instruções durante os jogos e acabou por fazê-lo. Foi suspenso de todas as atividades durante um ano e o Casa Pia foi condenado a uma redução de seis pontos na classificação mas as sanções acabaram por ser revogadas, o que não impediu que Rúben Amorim apresentasse a demissão à direção do clube. Em maio, chegou a ter uma reunião com Luís Filipe Vieira e Rui Costa, com o objetivo de assumir os Sub-23 do Benfica, mas as duas partes acabaram por não chegar a acordo.