Dark Mode 113kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Prepare as ventoinhas, o gelo e os chapéus. O fim de semana começa com 40 graus

A semana é de tempo quente e seco e o calor vai começar a apertar já esta sexta-feira atingindo picos de temperatura no sábado e domingo: haverá zonas com os termómetros acima dos 40º.

i

O pico de temperatura deverá ser atingido entre domingo e segunda-feira, indica o IPMA

O pico de temperatura deverá ser atingido entre domingo e segunda-feira, indica o IPMA

Prepare as ventoinhas, o gelo e os chapéus. Tudo o que o possa refrescar para os próximos dias que serão de muito, mas muito calor em todos o país. A começar já por esta sexta-feira, onde os termómetros podem atingir os 40 graus centígrados em algumas regiões do interior. E até segunda, será sempre a subir, com o pico de temperaturas a acontecer no fim de semana.

Segundo o IPMA, esta “situação de tempo seco e quente” deverá manter-se até meados da próxima semana, prevendo-se “uma ligeira descida de temperatura na terça-feira”. Mas apenas para aliviar por um dia, porque o verão veio para ficar pelo menos neste início de julho.

As temperaturas máximas durante este período podem variar entre os 34 e os 39 graus centígrados nas regiões do interior. Mas, e este é um mas importante para quem lá vive ou pretenda por lá passar,”em alguns locais, como por exemplo no nordeste transmontano, vale do Douro, vale do Tejo e no interior do Alentejo, os valores da temperatura máxima podem aproximar-se de 40ºC a 42°C”.

Já junto à faixa costeira, as temperaturas máximas terão valores ligeiramente inferiores, mas mesmo assim bastante quentes, entre os 28ºC e 30ºC.

Na noite de sábado para domingo, prevê-se também uma pequena subida da temperatura mínima, que deverá variar entre 15ºC e 24°C, em especial nas regiões do interior Centro e na região Sul. Não se pode falar bem em noites tropicais, mas já se se aproximam bastante desse conceito.

Esta subida de temperatura deve-se à deslocação “de uma massa de ar quente e seco proveniente do norte de África, associada a um fluxo de leste sobre a Península Ibérica na circulação do anticiclone localizado na região dos Açores, que se estende em crista até ao Golfo da Biscaia, e de uma depressão centrada a sul da península”, explica o IPMA. Ou seja, uma ‘troika’ que nos vai deixar sob um sol escaldante e um calor tórrido como pode ver pelas previsões para os próximos dias.

Lisboa vai chegar aos 37º no domingo

O Porto quase quase nos 30º

No Algarve já quase nos 35º

Évora vai chegar aos 40º

E Beja aos 38º

Santarém também à beira dos 40º

Coimbra nos 35º

E Bragança nos 36º

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.