A promessa é de Elon Musk: a Neuralink, a sua empresa de neurotecnologia, vai mostrar um protótipo funcional de um wearable que se liga ao cérebro já a 28 de agosto. O líder da Tesla e da SpaceX é conhecido por, por vezes, fazer promessas vãs. Contudo, desta vez vai frustrar ainda mais seguidores se não cumprir com o que disse no Twitter.

O evento de revelação da Neuralink está marcado para esta sexta-feira, às 23 horas de Lisboa. A última vez que Musk anunciou novidade sobre os avanços desta missão de ligar cérebros a computadores foi há um ano.

Elon Musk revela os progressos alcançados com os implantes cerebrais da Neuralink a 28 de agosto

Até agora, continua a saber-se pouco sobre a Neuralink Corporation, a não ser que é uma empresa registada no estado norte-americano da Califórnia na área da neurotecnologia e que foi fundada em 2016. Além disso, sabe-se que pretende desenvolver interfaces entre cérebros humanos e computadores sob a forma de implantes. Elon Musk chegou a adjetivar em 2019 essa ligação de “simbiótica” — um “laço neural”, batizou o empresário, que funciona como “uma espécie de terceira camada digital sobre o córtex cerebral, que cobre o sistema límbico”.

Em julho de 2019, Musk chegou a afirmar que a empresa tinha conseguido realizar testes bem sucedidos destes implantes em macacos e ratos. Na altura, o multimilionário disse que havia a expetativa de começar a fazer testes em humanos já em 2020. Agora, diz que este evento vai incluir a revelação de um aparelho projetado para conectar a tecnologia da empresa ao cérebro.